Perguntas frequentes

 

1- Qual a idade permitida para a emissão da Carteira de Identidade?

A partir do nascimento do indivíduo é possível emitir o RG. O procedimento de emissão do documento requer ficha datiloscópica devidamente preenchida de acordo com os documentos originais apresentados pelo cidadão e a Coleta das Impressões Digitais de todos os dedos (mãos: direita e esquerda).

 

2- Caso o cidadão não possua uma das mãos ou falta algum dos dedos ou possui algum tipo de amputação, é possível obter o RG?

Sim.  O Documento de Identificação é direito de todo cidadão. Nos casos especiais existem normas a serem seguidas para obtenção do RG.

 

3- Quando vou fazer uma 2ª Via ou Retificação do nome no RG pode demorar um pouco mais para ficar pronta à outra via?

Sim. Para fazer a 2ª Via ou Retificação do Nome, o Identificador necessita realizar uma pesquisa no Sistema referente aos dados cadastrais do indivíduo; Em alguns casos, é necessário solicitar a Liberação das Impressões Digitais no Sistema ou Correções e Verificações cadastrais.  O prazo para serem solucionados variam de 05 (cinco) dias úteis a 30 (trinta) dias úteis.

 

4- Possuo Alergia nos dedos das mãos, consigo adquirir a Carteira de Identidade?

Não. O funcionário responsável pelo Colhimento das Impressões Digitais passará um Tratamento simples para melhoria ou cura da alergia. Cabe ao cidadão seguir a orientação e procurar tratamento médico se alergia persistir; O laudo médico especificando o tipo da alergia pode favorecer a liberação do documento.

 

5- Somente com a apresentação da Carteira de Identidade anterior posso adquirir um novo RG?

Não.  Independente de ser uma 1ª Via, 2ª Via ou Retificação do nome, os documentos obrigatórios são os mesmos.  O Identificador precisa conferir minuciosamente os documentos do cidadão e recadastrar os documentos apresentados.

 

6- Devo conferir as informações da Certidão antes de fazer a Carteira de Identidade e também a Ficha Datiloscópica fornecida pelo Identificador?

Sim. Se a Certidão estiver errada, seu RG também ficará e os demais documentos de seu interesse ficarão errados. A Certidão é base de qualquer documento pessoal.  Já a ficha Datiloscópica contém as informações passadas pela Certidão que serão repassadas para Carteira de Identidade. Tudo deverá estar corretíssimo na hora da emissão do documento.

 

7- Outra pessoa pode fazer a Carteira de Identidade no meu lugar?

Jamais.  A Carteira de Identidade é um documento pessoal, todos nós possuímos impressões digitais diferentes, a assinatura no documento também é única. 

 

8- Posso fazer a Carteira de Identidade com a Cópia da Certidão?

Não. São normas a serem seguidas pelo Posto de Identificação, ordenadas pelo Instituto de Identificação do Estado de Minas Gerais – Polícia Civil.

 

9- Posso deixar a relação de documentos obrigatórios no Posto de Identificação e retornar em outro momento ou dia para fazer a Carteira de Identidade?

Não.  A Carteira de Identidade só pode ser emitida na Presença do Interessado, munido dos documentos necessários. Desta forma, os documentos originais apresentados são devolvidos ao cidadão após a conclusão do cadastro.

 

10- Posso apresentar uma foto de quando era mais jovem para fazer o RG?  

Não. A foto precisa ser recente, conforme retratado na relação de documentos obrigatórios. Para identificarmos o cidadão temos que colocar no documento uma foto que corresponda com aparência atual.

 

11- Possuo uma Carteira de Identidade emitida em outro Estado. Posso fazer outra Carteira de Identidade no Estado de Minas Gerais?

Sim. O sistema permite, porém será realizada uma Pesquisa minuciosa dos Dados referente ao cidadão interessado que levará em torno de 30 (trinta) úteis para ser liberada a emissão da 1ª Via do RG.

 

12-  É possível manter o mesmo número da Carteira de Identidade feita em outro Estado?

 Não. O número do RG será diferente, uma vez que, o Sistema de Identificação dos Estados ainda não foi unificado.